lunedì 13 febbraio 2017

A.C.I.MA. Entrevista ANGELA GUERRA para a Vitrine do Artista Brasileiro no Exterior


A.C.I.MA. dando continuidade ao projeto de mapeamento dos artistas e escritores brasileiros &  lusófonos- “Vitrine do Artista Brasileiro & Lusófono no Exterior”, iniciado em setembro de 2011, com entrevistas dirigidas inicialmente para os artistas e escritores brasileiros residentes no exterior, dá início em 2013 ao segundo ciclo do projeto de entrevistas para a “Vitrine do Artista Brasileiro” com os artistas e escritores associados A.C.I.MA., residentes no Brasil, que contribuem para a divulgação e valorização da Arte & Cultura brasileira e lusófona no exterior.

O projeto “Vitrine do Artista Brasileiro & Lusófono no Exterior” da A.C.I.MA. abraça a arte e a cultura dos povos migrantes em todas as suas formas e manifestações – sejam elas, musicais, literárias, teatrais, artes plásticas, cinema, dança, fotografia, folclore, enfim, todas as expressões artísticas.


ANGELA GUERRA

Vitrine do Artista Brasileiro no Exterior”


A.C.I.MA. – Bem-vinda Angela Guerra, é uma honra tê-la conosco na Vitrine A.C.I.MA. Primeiramente, gostaríamos de saber um pouco sobre você: de onde vem, qual sua terra natal? Onde vive atualmente? Além da escrita, que trabalho ou hobby desenvolve?
A. G. – Sou carioca e vivo na minha Cidade Maravilhosa, o Rio de Janeiro, Brasil!...
Desde 2007, estou aposentada da minha profissão de professora de inglês, embora, de tempos em tempos, tenha um aluno ou outro, particular... Faço traduções, versões e revisões, também, de português. Além de atuar na Diretoria de algumas Academias de Letras e Artes, no Rio de Janeiro, sou membro correspondente de outras porque escrevo poemas, trovas, crônicas etc. Desenvolvo trabalho voluntário, social e beneficente, junto ao Women’s Club, Clubes Beneficentes de Senhoras, que existem em vários países, ligados à General Federation, em Washington, DC.
Quanto aos hobbies, costumava dançar, mas ando meio impossibilitada, por probleminhas na coluna e no pé... Canto num Coral de clube há quase 25 anos, onde, às vezes, faço solos, e, quase sempre, me convidam para cantar, ao final das Sessões Literárias, em aniversários das instituições, saraus... Desenho, copiando de figuras, fotos, mas, pelo mesmo motivo de saúde, ando meio prejudicada... Mas minha netinha de 3 aninhos me completa!. 



A.C.I.MA. – Como e quando se dá o seu primeiro contato com a escrita? Sobre qual tema você escreve? De onde vem as inspirações para suas obras literárias? Poderia nos contar um pouco sobre seu processo criativo ?
A. G. – Comecei nos anos 90, compondo umas canções, letra e música, em inglês, que era o meu idioma secreto, do meu diário de adolescente... O amor, a natureza me seduziam... E eu jamais me sentei buscando nada; tudo vinha de uma vez e eu tinha que me esforçar para anotar as ideias, sem perder nenhuma!!!... A melodia vinha junto com a letra!... E eu tinha que andar com o gravador porque não sabia teoria musical; não sabia fazer partituras... Os poemas se desdobravam diante de mim!... Tinha, e ainda tenho, a impressão nítida que me eram/são enviados!...
No entanto, estou sempre relendo, para enxugá-los, mudar algum trecho, procurar uma melhor sonoridade, verificar se há ritmo etc. Faz-se mister o afastamento temporário para detectar probleminhas... Também acho importante ler para alguém porque, quando me escuto, consigo sentir a necessidade de esclarecer algo obscuro...
Faço trovas, que exigem rimas, mas não as uso com frequência nos poemas, a não ser que seja, mesmo, uma brincadeira com rimas...
O ecletismo me atrai. Procuro abranger tudo, em termos de formato, tema, categoria... o que seja!... E tenho muito material, mas não consegui ainda me sentar quieta para lançar algo, após meus 2 livros de 2011, dos quais não disponho de mais exemplares para divulgar... Supostamente, seriam pedidos on line e a editora me solicitaria... Mas só tenho um de cada em casa...



A.C.I.MA. – Qual foi a pessoa que primeiramente acreditou em seu talento? E qual outra linguagem da Arte tem o seu interesse? 
A. G. – As minhas colegas, professoras que não entendiam inglês, ficavam insistindo para eu traduzir minhas letras porque sabiam que as outras tinham gostado das minhas criações... Até meus alunos!... E eu, fugindo... Achava tão difícil escapar da banalidade, em português... Finalmente, tomei coragem e deu certo!!!... Aí, depois de umas 20 composições lítero-musicais, parou tudo e só reatei meu contato com a literatura após minha aposentadoria, em 2007...
Uma das senhoras do Women’s Club leu um poema de minha autoria e o achou interessante. Convidou-me a participar de um concurso da Academia de Letras do Estado do RJ. E eu recebi o bronze! O Dr. Hugo Roma, Presidente, infelizmente, já falecido, fez-me membro da Academia e se tornou meu Padrinho Acadêmico.
Bom, já falei da música e tem o desenho, mas já comentei sobre isso mais acima...

A.C.I.MA. – O que você acha que seria prioritário fazer para criar oportunidades para valorizar e divulgar o trabalho dos escritores e artistas brasileiros no Brasil e no exterior? 
A. G. –Acho que vocês, que divulgam nossa obra no país natal e no exterior, fazem um trabalho maravilhoso; estão no caminho certo!... São Encontros, Antologias, Concursos, Catálogos, Revistas, Jornal Cultural, Mega-comemorações, oportunidades de ingresso em Academias em outras cidades e países, na categoria de membro correspondente, condecorações por obras de destaque, inserção na Internet, em sites ou blogs...
A.C.I.MA. – Na sua opinião, qual o maior obstáculo que encontra o escritor brasileiro para ingressar no universo literário? Como você divulga o seu trabalho? Onde é possível adquirir seus livros?
A. G. – Em época de crise, é muito difícil... Não se consegue patrocínio...
Os escritos divulgo no Jornal Sem Fronteiras, em Encontros Literários, saraus etc; na internet... Os desenhos, em exposições da ABD, e de outras instituições.
Meus livros encontram-se esgotados.



A.C.I.MA. – Que conselho daria a quem está dando os primeiros passos no universo literário?
A. G. – Leia muito e vá às Academias. Procure escrever com bastante frequência e atualize-se nos cursos oferecidos por instituições de renome. Participe dos concursos, sem esmorecer.
A.C.I.MA. – Poderia nos falar um pouco sobre suas obras, e particularmente, (se já houve) sobre a experiência de divulgar suas obras no exterior?



 1 - Meu jardim de trovas se originou de trovas sobre as lindas flores de um jardim e se subdivide em Momentos: de Amor, Oração, Humor e Outros, além de poemas em quadras e trovas em espanhol e inglês. A capa foi ilustrada por mim.




2 - Vinho e rosas – poemas doces, com um toque de acidez e alguns espinhos apresenta temas variados, o amor, a natureza, o cotidiano... com enfoque lírico, em grande parte dos trabalhos, e alguns poemas em inglês. A capa foi apenas idealizada por mim, mas ilustrei cada poesia.
A. G. – Tenho poemas em antologias na França – estive no lançamento, com coquetel, onde fomos entrevistados –, na Itália, em países de língua espanhola e portuguesa, e estou expondo, pela primeira vez, meus desenhos, fora do Brasil, em Portugal.
A.C.I.MA. – Novos projetos?
A. G. – Sempre! Mais livros solo, mais antologias (já ultrapassei as 50!...), mais desenhos, mais canto coral e solo!
A.C.I.MA. – Se desejar deixe-nos uma mensagem, frase, reflexão ou poesia de sua autoria, por favor!
A. G. – Uma trova e uma Poesia:

IMAGEM DE MÃE: MARIA.

O filho ao colo: JESUS.
Na dor que transparecia,
jamais se viu tanta Luz!...



PESADELO ECOLÓGICO
(jamais imaginado por Gonçalves Dias...)
Angela Guerra

Minha terra tem palmeiras
e outras tantas espécies,
onde canta o sabiá,
até que o nosso irmão
acabe de devastar
e nada mais: árvore, ninho
permaneça, então, por cá...

As aves que aqui gorjeiam partirão
para, em outras plagas,
quem sabe, talvez, gorjear...

Nossos bosques, já sem vida,
não nos permitirão respirar
e morreremos à míngua,
sem esperança de nos salvar...

Acorda o teu irmão!
Acorda, tu, também!
Há tempo de salvar
essa terra, que é o bem
que Deus nos entregou,
em total confiança!...

Amém.




RAPIDINHAS: Por Angela Guerra
A.C.I.MA. – Uma saudade?
A. G. – Dos momentos felizes com meu companheiro, por 52 anos, até junho de 2016...
A.C.I.MA. – Um sonho?
A. G. – A comemoração do centenário de Mamãe, daqui a 5 anos!...
A.C.I.MA. – Um lugar?
A. G. – Rothenburg ob der Tauber, cidadezinha medieval, na Alemanha.
A.C.I.MA. – Uma música?
A. G. – Speak softly love, do filme O poderoso Chefão.
A.C.I.MA. – Uma tristeza?
A. G. – Não ter podido abraçar e beijar meu pai tanto quanto desejaria...
A.C.I.MA. – Um barulho?
A. G. – Asinhas de beija-flor, tão velozes, mas pairando sobre a flor de sua preferência, a sorver-lhe o néctar...
A.C.I.MA. – Um cheiro?
A. G. – De neném, bem limpinho...
A.C.I.MA. – Doce ou salgado?
A. G. – Doce.
A.C.I.MA. – Destino ou casualidade?
A. G. – Destino.
A.C.I.MA. – Quente ou frio?
A. G. – Quente.
A.C.I.MA. – Seu hobby?
A. G. – Cantar, sorrir, poetar, desenhar, beijar minha netinha...
 A.C.I.MA. – Comida preferida?
A. G. – Camarão.
A.C.I.MA. – O que ama?
A. G. – O belo.
A.C.I.MA. – O que não ama?
A. G. – A crueldade e a ausência de solidariedade.
A.C.I.MA. – Um livro?
A. G. – Anjos e demônios, de Dan Brown.
A.C.I.MA. – Um filme?
A. G. – A noviça rebelde – grande Julie Andrews!...
A.C.I.MA. – Uma homenagem?
A. G. – Feita a mim: A Medalha Montese, que me foi outorgada e dediquei a meu pai, que esteve na Itália, na FEB.
Que direciono: a meus dois Padrinhos Acadêmicos, ambos falecidos, que me encorajaram e apoiaram na minha trajetória pós-aposentadoria.
A.C.I.MA. – Momento inesquecível?
A. G. – Nascimento do meu filho e da minha neta, ao pegá-los no colo pela primeira vez...
A.C.I.MA. – Três coisas fundamentarias para ser feliz?

A. G. – Paz, amor e saúde...



A.C.I.MA. –
Muito obrigada querida ANGELA GUERRA, foi muito prazeroso te conhecer melhor. Sucesso SEMPRE!!!! Gratidão!!!



Se você é um artista brasileiro e deseja participar do Projeto:
 “Vitrine do Artista Brasileiro no Exterior”, escreva para:  

associazionemandala@hotmail.com


om

                                                           EXTERIOR
A.C.I.M.A entrevista Geovana Clèa ( Itália) (1)
A.C.I.M.A entrevista Ana Miquelin ( Itàlia) (2) 
A.C.I.MA. entrevista Fátima Freita (Suíça) (3) 
A.C.I.MA. entrevista Mara Parrela (Holanda) (4) 
A.C.I.MA. entrevista Lúcia Amelia Brüllhardt   (Suíça) (5)

A.C.I.MA. entrevista JacquelineAisenman (Suíça) (6)

A.C.I.MA. entrevista Marcos Borges (Dinamarca) (7)

A.C.I.MA. entrevista Josane Mary Amorim  (Holanda) (8)

A.C.I.MA. entrevista Márcia Rocha  (Itália) (9)
 
http://acimamandala.blogspot.it/2012/08/a-acima-entrevista-marcia-rocha.html

A.C.I.MA. entrevista Jacilene Brataas (Noruega) (10)

A.C.I.MA. entrevista Alexandra Magalhães Zeiner (Alemanha) (11) 
A.C.I.MA. entrevista Evandro Raiz Ribeiro (Japão) (12) 
A.C.I.MA. entrevista a escritora Rosemary Mantovani (Itália) /13) 
 A.C.I.MA. entrevista  ROSENI KURÁNYI (Alemanha)   (14)

A.C.I.MA. entrevista a escritora Karina Martinelli (Irlanda) (15)

A.C.I.MA. entrevista a escritora Beti Rozen (EUA) (16) 
A.C.I.MA. Entrevista a Escritor ANTONIO SALVADOR (Alemanha) (17) 

A.C.I.MA. entrevista a escritora LIGIA BRAZ(Alemanha) (18)
A.C.I.MA. entrevista o escritor Sérgio, Beija-Flor-Poeta (Alemanha) (19) 

A.C.I.MA. entrevista o escritora NELSI EMILIA TORRES STOCKER (Suíça) (20)

A.C.I.MA. entrevista a escritora JAMILE DO CARMO (ALEMANHA) (21) 

A.C.I.MA. entrevista a escritora MARIANA BRASIL (ITÁLIA) (22) 
http://acimamandala.blogspot.it/2014/08/a_19.html

A.C.I.MA. entrevista a Escritora ELIANA MACHADO (23) 
http://acimamandala.blogspot.it/2014/08/acima-entrevista-escritora-eliana.html

A.C.I.MA. Entrevista o Escritor  JOSÉ MÁRIO NEVADO GUERRA (EUA) (24) 


A.C.I.MA. entrevista a Escritora  FÁTIMA NASCIMENTO - (Alemanha) - (25) 
A.C.I.MA. entrevista a Escritora BENDA BORTOLINI - (Suìça) ) - (26) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora VALDIVIA BEAUCHAMP - (EUA) - (27) http://acimamandala.blogspot.it/2015/12/a.html
                    BRASIL
A.C.I.MA. Entrevista a Escritora FLÁVIA ASSAIFE. (1)

A.C.I.MA. Entrevista o Escritor  VALDECK ALMEIDA DE JESUS (2)

A.C.I.MA. Entrevista o Professor e Escritor FRANCISCO EVANDRO DE OLIVEIRA (Farick).  (3)
A.C.I.MA. Entrevista a Escritora  HEBE C. BOA-VIAGEM A. COSTA (4)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora GRECIANNY CARVALHO CORDEIRO (5)

A.C.I.MA. Entrevista a  Escritora  ANA CRISTINA COSTA SIQUEIRA (6)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora DULCE AURIEMO (7)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora JÔ MENDONÇA ALCOFORADO (8)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora VERA SALBEGO (9)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora IZABELLA PAVESI (10)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora SANDRA NASCIMENTO  (11) 

A.C.I.MA. Entrevista o Escritor ROGÉRIO ARAÚJO (ROFA)  (12)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora CRISTINA RAMOS (13)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora TEREZINHA GUIMARÃES (14)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora MIRIAM DE SALES OLIVEIRA (15)

A.C.I.MA. Entrevista o Escritor IGOR BUYS (16)

A.C.I.MA. Entrevista o Escritor MARCO COUTO (17)


A.C.I.MA. Entrevista o Escritor MOGG MESTER (18)


A.C.I.MA. Entrevista o Escritor J. MARINS (19)

http://acimamandala.blogspot.it/2014/04/acima-entrevista-o-escritor-j-marins.html

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora SILVIA BRUNO SECURATO (20)

A.C.I.MA. Entrevista a Escritora IRMA GALHARDO (21)

A.C.I.MA. entrevista a Escritora ANGELA DELGADO (22) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora VERA LAURIA (23) 

A.C.I.MA. entrevista o Escritor JOSE HILTON ROSA (24) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora VILMARA BELLO (25) 

http://acimamandala.blogspot.it/2014/08/acima-entrevista-escritora-vilmara-bello.html

A.C.I.MA. entrevista a Escritora RENATA VAZQUEZ (26) 


A.C.I.MA. entrevista a Escritora MÁRCIA CHRISTINA LIO MAGALHÃES (27) 


A.C.I.MA. entrevista a Escritora ELIANE MARIA DE SOUZA (28) 


A.C.I.MA. entrevista a Escritora RAI d'LAVOR (29)


A.C.I.MA. entrevista a Escritora ESTHER ROGESSI (30) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora  CÉLIA LAMOUNIER DE ARAÚJO (31) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora  NERI FORNARI BOCCHESE (32) 
A.C.I.MA. entrevista a Escritora  LUIZA TELLES (33) 

A.C.I.MA. entrevista o Escritor RODRIGO DIAS (34) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora LIZ MARCCO (35) 

A.C.I.MA. entrevista a Escritora ARLETE TRENTINI DOS SANTOS (36) 
A.C.I.MA. entrevista a Escritora LARISSA LÚCIO DE CARVALHO (37) 
A.C.I.MA. entrevista o Escritor JC BRIDON (38) 
A.C.I.MA. entrevista a Artista Plástica e escritora Maria Araújo (39) 

A.C.I.MA. entrevista o Escritor LUÍS DELGADO (40) 
A.C.I.MA. Entrevista a Escritora ALEXANDRA VIEIRA DE ALMEIDA (41) 

A.C.I.MA. - Entrevista a Escritora RÔ ANGELI (42) 

A.C.I.MA. - Entrevista o Escritor LUIZ OTÁVIO OLIANI (43) 

A.C.I.MA. - Entrevista o Escritor ADRIANA VIEIRA (44) 
A.C.I.MA. - Entrevista o Escritora CARMEN LÚCIA HUSSEIN (45) 

A.C.I.MA. - Entrevista o Escritora JACKMICHEL (46) 



E CONTINUA...

Nessun commento:

Posta un commento